Os rumores de que a Microsoft estaria fazendo uma versão do Office para iOS e Android foram bastante contestados, mas aparentemente estão bem mais concretos com o vazamento de supostas telas do aplicativo.

O anúncio oficial da empresa ainda não foi feito, porém o gerente de produto de uma subsidiária da Microsoft na República Checa, Petr Bobek, afirmou que os aplicativos serão lançados no início de 2013. Na época a Microsoft divulgou uma nota oficial: “As informações divulgadas pela subsidiária na República Checa não são precisas. Nós não temos mais informações para compartilhar neste momento”.

O Office Mobile vai estrear na forma de aplicativos gratuitos que permitem aos usuários de iOS e Android visualizarem os documentos de maneira prática e rápida. Os documentos do Word, PowerPoint e Excel serão suportados e o usuário terá que criar uma conta Microsoft assim como nos serviços do SkyDrive e OneNote.

A Microsoft, porém, não iria abrir mão de um de seus maiores trunfos gratuitamente. O Office ainda é um dos grandes atrativos para os usuários comprarem os dispositivos móveis rodando o Windows Phone, como o Surface. Os aplicativos irão permitir apenas uma edição básica dos documentos, não serão substitutos para a versão completa.

Para monetizar estes aplicativos a edição de documentos do Office estará disponível apenas para os usuários que assinarem o Office 365, um pacote de serviços onde dependendo do plano o usuário não só tem acesso ao Office mais recente para desktop assim como diversos serviços na nuvem.

A parte irônica da história é que, de acordo com as políticas da de compras dentro de aplicativos iOS, a Microsoft terá que pagar à Apple a taxa de 30% das compras referentes às vendas de inscrições do Office 365 que sejam feitas dentro do app. A Apple agradece.

Fonte: The Verge