Os malwares ainda estão se espalhando livremente pelos aparelhos Android. Como mostram as estatísticas, as ameaças quadruplicaram em relação ao primeiro trimestre deste ano, de acordo com a Trend Micro.

Durante o primeiro trimestre, foram registradas 6000 ameaças para o Android e Trend Micro havia previsto que esse número iria dobrar para 11.000 no segundo trimestre. Surpreendentemente, o número quadruplicou, chegando a 25.000 ameaças diferentes. A empresa antimalware ainda adverte os usuários Android de outro possível aumento para cerca de 38.000 no terceiro trimestre e cerca de 129.000 para o quarto.

O Google Play também foi alvo, com 17 aplicativos maliciosos disponíveis para download que posteriormente foram removidos, mas não antes de se espalharem por mais de 700.000 aparelhos.

O Spy Tool e o Spy Phone Pro+ são os aplicativos spyware recentemente detectados no Google Play. Ambos os aplicativos permitem aos hackers o acesso e monitoramento do sinal de GPS e até mesmo obter todas as informações da lista de contatos do seu dispositivo.

Rik Ferguson, Diretor de pesquisa e comunicação em Segurança da Trend Micro alertou, “O crescimento no volume de malwares demonstra um foco persistente e objetivo dos interesses criminais nas plataformas mobile, particularmente o Android.

“À medida que caminhamos firmemente para a web móvel, dispositivos móveis oferecem novos caminhos para geração de renda criminosa juntamente com a continuidade das velhas práticas. Os consumidores precisam ter cuidado ao baixar e instalar aplicativos e devem considerar a instalação de anti-malware em seus dispositivos móveis”.

O grande número de ameaças e o aumento contínuo certamente dará muita dor de cabeça aos usuários. Hoje em dia realmente não há segurança em nenhum local na web, e os dispositivos móveis não são exceção.

Fonte: SocialBarrel