Antecipando uma explosão em jogos para smartphones e tablets nos próximos cinco anos, investidores dizem que estão fazendo apostas no mercado de jogos para dispositivos móveis que, na visão deles, é uma área que ainda carece bastante de conteúdo.

“As pessoas dizem que as expectativas em torno dos tablets têm sido exageradas … mas eu digo que elas ainda não foram exageradas o suficiente”, disse Nabeel Hyatt, sócio da empresa Spark Capital de venture capital. Ele se juntou analistas e outras empresas de VC da indústria de jogos para discutir o futuro dos jogos nas plataformas móveis e redes sociais nas conferências MobileBeat e GamesBeat da VentureBeat.com.

Atualmente, Jeremy Liew, diretor da Lightspeed Venture Partners, explicou que a grande maioria dos jogos iPad nada mais é do que jogos para iPhone atualizados. Ele referiu-se ao tablet como a TV dos próximos 10 anos e prevê que os jogos sejam o principal canal.

Liew estabeleceu algumas vantagens competitivas para o desenvolvimento de um jogo focado em tablets, e não como uma versão do jogo original para smartphone. Os tablets podem ser consideramos dispositivos de jogos colaborativo, e mais importante, a aquisição de clientes é mais fácil, pois o mercado é menos saturado.

“Desenvolvimento para tablets é uma solução relativamente simples para o problema da descoberta”, disse Liew. “Simplesmente há menos jogos”.

Atul Bagga, analista sênior de capital da Lazard Capital Markets, disse que os games atuais para o iPad e outros tablets estão meramente arranhando a superfície, dentro de uma década, os tablets vão superar em muito as vendas de PCs desktop. Este ano, a Apple lançou as estatísticas que a demanda global para o iPad já ultrapassou o mercado de PCs da HP, Lenovo e Dell.

O feedback para os jovens desenvolvedores de games? Não é suficiente fazer um jogo legal e esperar que os usuários o descubram organicamente. “Você deve ter uma distribuição sólida e uma estratégia de descoberta”, aconselhou Liew.

Fonte: Venturebeat