O recente relatório da Cisco, empresa multinacional na área de telecomunicações, intitulado “Visual Networking Index (VNI) Global Mobile Data Traffic Forecast”, fez uma análise profunda na área de internet e dispositivos móveis além de diversas previsões nesse mercado que vem cada vez mais crescendo a um ritmo impressionante. A previsão da Cisco para o crescimento anual de tráfego em 2011 havia sido de 131% e de fato, o que ocorreu foi um aumento de 133%.

O crescimento do tráfego de dados está diretamente relacionado ao aumento da demanda de serviços móveis por parte dos usuários como podemos constatar em diversas análises que demonstram o grande crescimento nas vendas de dispositivos móveis.

Com a (lenta) chegada da quarta geração de telefonia móvel (4G) em processo, os serviços móveis crescerão cada vez mais e terão a possibilidade de oferecer uma imersão no mundo virtual como nunca antes visto. Serviços como VoIP, compartilhamento de dados e arquivos na nuvem, streaming de vídeo, e outros, terão benefício direto do 4G.

A previsão mais impressionante do estudo informa que no final de 2012 o número de dispositivos móveis vai exceder a população mundial. Em 2016 deverá haver 1,4 dispositivos móveis para cada pessoa no mundo ou seja mais de 10 bilhões de tablets e smartphones enquanto que a população mundial será de aproximadamente 7,3 bilhões.

Vídeo

O crescimento da web mobile e a sua necessidade de cada vez mais dados, mais tráfego e mais conectividade, não mostra nenhum sinal de desaceleração. Um dos principais tópicos é a área de multimídia, principalmente vídeo. Pela primeira vez o tráfego de vídeos representou mais da metade do tráfego total de dados (52%), devido principalmente ao aumento na conectividade e de dispositivos capazes de visualizar vídeos. Em 2016 o tráfego de dados relacionado a vídeo deve representar 70% do total.

Nuvem e multimídia

Aplicativos multimídia na nuvem lembram principalmente vídeo (YouTube e Netflix) mas também podem estar relacionados à música (Pandora, Spotify). Outros serviços oferecidos na nuvem são games, compartilhamento de arquivos, e-mail, aplicativos de redes sociais, etc.

Smartphones

Em 2011 o uso médio de smartphones praticamente triplicou de 55MB/mês para 150MB/mês. Em 2012 a previsão é que os 100 milhões de usuários estarão consumindo em média 1GB de dados por mês enquanto que em 2016 o tráfego deve girar em torno de 2,6GB por mês.

Tablets

O número de tablets em 2011 praticamente triplicou atingindo 34 milhões de dispositivos, cada um gerando 3,4 vezes mais tráfego que os smartphones (517MB/mês VS 150MB/mês). Em 2016 os tablets devem ser responsáveis por 10% de todo o tráfego na web. E agora o dado mais surpreendente: em 2016 os tablets gerarão tanto tráfego quanto todos os dispositivos móveis juntos em 2012 conseguem gerar (1,1 exabytes por mês).

Android VS. iPhone

Quanto à batalha dos dois gigantes do mundo mobile o Android está na frente, se tomarmos como métrica o consumo mensal de dados dos usuários. Atualmente o consumo de dados pelos usuários do Android é 29% maior do que os usuários de dispositivos da Apple. A explicação para isso pode ser que o número de aplicativos gratuitos no Google Play é maior do que na Apple Store.

 

Fontes: Cisco e TechCrunch