Nessa guerra pelo domínio do mundo mobile vemos uma polarização entre Google e Apple, Android e iPhone.

Mas qual plataforma está na frente? Recentemente observamos dados impressionantes a respeito do Android.

Alguns fatos incontestáveis que podemos identificar no Android:

Isso mostra de maneira definitiva que o Android é, e vai ser cada vez mais, o sistema mais popular do mundo, principalmente pela sua variedade de aparelhos e preços bastante acessíveis.

Mas isso acaba sendo uma vantagem e uma desvantagem ao mesmo tempo. O verdadeiro valor de uma plataforma se resumem aos seus apps. E os (melhores) apps estão onde os desenvolvedores estão focados. Esse foco há um bom tempo continua com o iOS da Apple (e não deve mudar tão cedo).

De acordo com a Appcelerator o interesse em HTML5 vêm crescendo muito, 79% dos desenvolvedores planejam usar HTML5 nos seus aplicativos em 2012, porém apenas 6% desses pretende uma abordagem completamente web e 72% uma abordagem híbrida. O motivo é que a tecnologia não está madura o suficiente ainda para atender a maioria das necessidades dos apps.

A Flurry, uma empresa que fornece um serviço de análise e acompanhamento do uso de apps para os desenvolvedores, forneceu um gráfico mostrando a quantidade de projetos novos criados nas plataformas iOS e Android:

Podemos ver claramente que o iOS é preferida em relação ao Android pelas empresas e desenvolvedores. E alguns motivos são:

  1. Receita
    • Estatísticas da Flurry mostram que os apps que têm versões para ambas as plataformas para cada US$1,00 de lucro com o app iOS o app Android gera US$0,24, ou seja, quatro vezes menos.
    • Não só com apps em geral, mas o iOS também é o mais lucrativo para games, com 84% da receita total de games mobile nos EUA.
    • A principal causa disso é que a experiência de compra no iOS é mais natural visto que a Apple obriga o usuário a ter um cartão de crédito associado a sua conta. Isto é, são 400 milhões de contas na App Store e todas com cartão associado. É a loja com o maior número de cartões no mundo.
  2. Fragmentação
    • Devido à diversidade de aparelhos e versões do sistema Android atualmente no mercado, os desenvolvedores têm dificuldade de desenvolver um aplicativo que rode igual em qualquer aparelho. Não só devido às diferenças nas especificações de hardware dos aparelhos, mas também devido à fragmentação das versões do sistema espalhados pelos dispositivos.
  3. Distribuição
    •  Existem mais de 80 app marketplaces Android e não se vê ainda uma centralização no Google Play

Mas de problemas aparecem desafios. De desafios vêm soluções. E nas soluções encontramos oportunidades. E quando se trata de explorar novos caminhos à procura de novas oportunidades, nada como testar seu aplicativo com a maior quantidade de usuários em potencial.

Fontes: Flurry e  BusinessInsider